sexta-feira, 2 de novembro de 2007

"Tempo, tempo, tempo...ouve bem o que te digo"

É... Eu estou postando novamente!
Por quê? Ah se eu soubesse... Finjo não sabê-lo por medo de saber!
É o tempo... Esse tempo... No meu tempo... Na espera pelo tempo...
Enfim...
Aí vai o texto!



Descompassos

A música cantando a vida confusa de uma garota como poucas tão confusas.
De um lado, o violão. Do outro, o barulho do ventilador.
Essa noite teve chuva...
Os ventos temporais traziam o calor incessante.
Calor do tempo... E do peito ardente,
que bagunça os sentidos,
gira o pensamento mil vezes,
em mil graus,
no ângulo
e na temperatura.
Não é uma boa idéia me deixar em casa sozinha em noites como essa.
Mas só a solidão é uma boa companheira quando tudo parece um trailler de cinema.
Não quero sair,
mas também não quero ficar.
Não quero esquecer, e muito menos lembrar.
Não quero querer...
Facilmente eu me renderia a qualquer tipo de redenção.
Quem poderia salvar uma alma conflituosa do deserto de suas dores e desejos? Talvez por isso eu me considere um perigo a mim mesma.
Mas...
Nobody knows!
Ninguém entende!
Ninguém sabe a profundidade de meus pensamentos vagos e sutis.
Ninguém sabe a dor que sinto quando meu peito faz, descompassadamente, seu “tum, tum, tum”.
Ninguém sabe dos meus sonhos mais deliciosos e inacreditáveis.
Ninguém sabe...
E ninguém nunca saberá...
Porque ninguém consegue penetrar no meu mundo desajeitado e repleto de quimeras.
Eu ainda espero por alguém a me esperar!

8 comentários:

Jader Rubini disse...

To virando seu fã...
Seus textos são muito bons. Quase uma raridade hoje em dia.

E quem não vive esses dilemas? O que conforta (ou angustia), realmente, é que nobody knows.

abs

Mariana Duarte disse...

"Ninguém entende nada...eles nunca vão saber!" ....Fato que lembrei desse trecho da música (nem precisa falar de quem rsrs), quando li o seu texto!

Amei, pra mim o melhor até agora...estarei sempre aqui, lendo os muitos que virão!

Falando em chuva....manda uma gotinha pra mimmmmmmmm! Amiga, vamos morrer de calor!

Confusões eternas, pessoas eternas...!

Laís Mendes disse...

Aaah... que lindo! Ñ poderia ficar mais feliz com outros comentários!

o Jader? Meu fã? Fala sério! Olha só que orgulho! rs
Pois é Jader... os vários dilemas... os vários conflitos... Agora vc já sabe um pouco dos meus! Eu ainda quero saber dos seus hem! rs

Bom Mari... Se eu soubesse dessa tua lembrança teria dedicado o post à vc, com direito a foto da Léah e td! rsrsrs
Esse texto foi escrito pouquinho antes de postar... E tá td mt explícito nele. Que ninguém nunca vai saber... O que eu penso... O q vc pensa... O q os outros pensam... O que todos nós sentimentos e tentamos esconder! Somos nós, Mari! rs
Ah! Mandei a chuva! Recebeu aí neh? rs
Aki tá chovendo!

Bjos amigos

Lúcio disse...

Nobody knows cause no one wanna know.
Just forget about it and live your life girl.
Just live and let live.
Miss you...

Kisses...

Rodolfo disse...

Nobody knows ´cause everybody lies...

ILY

Jader Rubini disse...

Everybody lies...
Is that a truth?

Laís Mendes disse...

Yeah! It's true! Everybody lies... And I lie too, but... It doesn't matter! Everything is a lie, and everything is a truth!

Mariana Duarte disse...

Como assim foto de Leah? ....Aki aguardarei eternamente esse post com fotinha da melhor cantora do mundo viu!

OBS: Depois te mando a música que citei no comentário ai...